Equipe de Jesus ‘castiga’ o MAC com gol no fim em São Bernardo

Jogo no Baetão, no ABC Paulista, foi marcado por poucas chances de gol de ambos os lados

O Esporte Clube São Bernardo, comandado pelo ex-técnico maqueano Edmílson de Jesus, não teve piedade do Marília Atlético Clube (MAC), ontem à noite, na abertura da 15ª rodada do Campeonato Paulista da Série A-3. Com gol aos 42 minutos do segundo tempo, o time da casa venceu por 1 a 0, no estádio Baetão e manteve o Alviceleste pela 6ª partida consecutiva na zona do rebaixamento (16º lugar com 14 pontos).

O Marília podia ter ‘dormido’ fora da zona da degola se tivesse ganhado. Já o São Bernardo entrou no G-8 (zona de classificação) e ocupa a 7ª colocação com 23 pontos. Restam mais quatro jogos para o Alviceleste na competição: Monte Azul (fora), Grêmio Osasco (casa), Mogi Mirim (casa) e União Barbarense (fora) e o time precisará de três vitórias (no mínimo) para não cair.

A próxima partida será contra o Monte Azul, fora de casa. O técnico Daniel Sabino tem dois desfalques certos pelo terceiro cartão amarelo: o lateral-direito Israel e o volante Matheus Alexandre. O atacante Thiago Santos, artilheiro da equipe com cinco gols, saiu na metade do segundo tempo com dores na coxa direita e passa a ser dúvida. Entretanto, três jogadores voltam de suspensão: o zagueiro Rafael Fefo, o volante Jonathan Almeida e o meia-atacante Alisson.

O jogo

A partida foi de poucas chances para ambos os lados no gramado sintético do Baetão. No primeiro tempo, o goleiro maqueano Gilson espalmou uma cobrança de falta pela esquerda, que foi direta ao gol e não houve mais nenhum chute a gol dos dois lados. As duas defesas estavam bem postadas, o São Bernardo tem uma das melhores (13 sofridos em 15 jogos), já o Alviceleste tem a terceira pior (25), mas tentava passar o segundo jogo seguido sem sofrer.

A proposta de se fechar funcionou bem também na segunda etapa. Aos 13 minutos, o centroavante Bruno Gaúcho testou de cabeça, mas Gilson pegou sem dificuldades. Três minutos depois, o atacante Marcos Nunes arrematou de fora da área e levou perigo. O primeiro chute a gol maqueano só aconteceu aos 32. O meia Paulinho cobrou escanteio da esquerda, o zagueiro Eduardo Grasson apareceu na primeira trave para cabecear e o lateral Tikinho salvou o gol em cima da linha.

Aos 42 minutos saiu o único gol da partida. Falta pela esquerda, bem próxima da linha de fundo, o lateral-direito Denis bateu fechado, em direção ao gol e a bola encobriu o goleiro Gilson (1 a 0).

 

Ficha Técnica:

 

Local: Estádio Baetão, em São Bernardo do Campo

Árbitro: Ricardo Bittencourt da Silva

Cartões amarelos: Bessa (EC São Bernardo); Israel, Matheus Alexandre, Hebert e Matheus Henrique (Marília)

Gol: Denis 42/2T (EC São Bernardo) 

EC São Bernardo – Marcelo; Fagner (Denis), Guilherme, Pirulito e Tikinho; Tauã, Alan Lopes (Léo Paraíba) e Lucas Gomes; Marcos Nunes, Bruno Gaúcho e Bessa (Santiago). Técnico: Edmílson de Jesus. 

Marília – Gilson; Luizão (Pablo), Zé Roberto e Eduardo Grasson; Israel, Matheus Alexandre, Hebert, Paulinho (Marquinhos) e Bahia; Du Gaia e Thiago Santos (Matheus Henrique). Técnico: Daniel Sabino.