Criança de Marília precisa de ajuda financeira para tratamento de saúde

Uma família de Marília precisa da ajuda da população para um tratamento de saúde. Juliana Eiras de Oliveira tem uma filha com sequelas cerebrais em função da prematuridade. A criança completa quatro anos no próximo dia 5 e ainda não anda. A campanha de arrecadação visa custear a fisioterapia do método Therasuit, a esperança de que Beatriz realize seu sonho, como ela diz, “correr na rua”. Beatriz n

Uma família de Marília precisa da ajuda da população para um tratamento de saúde. Juliana Eiras de Oliveira tem uma filha com sequelas cerebrais em função da prematuridade. A criança completa quatro anos no próximo dia 5 e ainda não anda. A campanha de arrecadação visa custear a fisioterapia do método Therasuit, a esperança de que Beatriz realize seu sonho, como ela diz, “correr na rua”.
Beatriz nasceu de seis meses e 27 semanas de gestão com 23cm e 750 gramas. Ela apresentou diversas complicações e passou por vários procedimentos, mas ficou com três lesões cerebrais, motora, da fala e comportamental.
“Sua maior dificuldade hoje é a motora (inferior), mas Beatriz quer se superar mais uma vez e me pede pra correr na rua, partindo meu coração”, disse a mãe. Juliana Oliveira conta que sua esperança reacendeu quando conheceu o método Therasuit. “É maravilhoso e inovador”.
O programa intensivo de fisioterapias aumenta a resistência, o controle e a coordenação muscular. Há ganho de força e recuperação neuromotora para pacientes com lesões cerebrais, atraso no desenvolvimento, entre outros diagnósticos.
O tratamento tem um custo inicial de R$12 mil. As formas de ajudar são as doações pelo site www.vakinha.com.br/vaquinha/amigos-da-bia, ou a aquisição de pizzas beneficentes. A campanha, Amigos da Bia, está no facebook e no Instagram. A pizza, de queijo, calabresa ou mista, será entregue no dia 31 de março. Interessados devem acessar a página do face e enviar uma mensagem.