Fiat Cronos parte de R$ 53.990

“Sedã do Argo” tem versões 1.3 e 1.8 e ocupa o lugar de Siena e Linea, esquntando o segmento que acabou de ganhar o Volkswagen Virtus e terá ainda Toyota Yaris

A Fiat revelou na última quarta-feira (21) os preços do Cronos, que é a variante sedã do Argo. Com versões de motores 1.3 e 1.8, o modelo fabricado em Córdoba, na Argentina chega às lojas no mês que vem. 

Mecânica do Argo

Também baseado no Punto, o novo sedã compartilha 30% da estrutura do Argo e a mecânica é a mesma. Mas o Cronos dispensou as versões com motor 1.0 e a esportiva HGT do hatch.

O motor 1.3 Firefly, da nova família da Fiat, desenvolve 109 cavalos e é combinado com transmissão manual ou o automatizado GSR, ambos de 5 marchas. O propulsor 1.8 desenvolve 139 cv e pode ser combinado com câmbio manual ou um automático de 6 marchas.

Nas medidas, o sedã tem 36 cm a mais na traseira em relação ao Argo, além de, é claro, um porta-malas maior, de 525 litros. No interior, as semelhanças também vão muito além dos 30%. Eles são praticamente idênticos, o que é interessante, porque o interior do hatch é uma das coisas que mais chama atenção frente os rivais.

A tela multimídia era para ser de série em todas as versões do Cronos, conforme anunciado no começo do mês, mas a Fiat criou “de surpresa” a configuração de entrada, 1.3 manual, que só tem rádio com bluetooth.

Concorrentes

O Cronos chega de uma vez para substituir Linea e Siena, deixando espaço apenas para o Grand Siena dentro da linha da montadora.

O modelo é considerado pela Fiat um concorrente de Chevrolet Prisma, Hyundai HB20S e Toyota Etios, ou seja, na categoria de sedãs pequenos.

No entanto, o Cronos com motor 1.8 também deve disputar o “almoço” com outro modelo recém-lançado, o Volkswagen Virtus, além dos 2 líderes da categoria acima (sedãs compactos), Chevrolet Cobalt e Honda City. A Toyota também se prepara para entrar nessa briga, com o Yaris.

Em relação a preços, a “guerra” Cronos versus Virtus pendeu para o Fiat. O Volkswagen usa motor 1.6 (de 117 cv) na configuração de entrada, que parte de R$ 59.990. As demais versões, com motor 1.0 turbo (128 cv) e câmbio automático, custam R$ 73.490 (Comfortline) e R$ 79.990 (Highline).