Valéria Valença relembra trabalho como Globeleza e revela sonho em ser Chacrete

Valéria Valença não faz mais parte do Carnaval. Virou evangélica e abandonou qualquer tipo de festa que precise usar o corpo como “peça de exposição”.

Valéria Valença não faz mais parte do Carnaval. Virou evangélica e abandonou qualquer tipo de festa que precise usar o corpo como “peça de exposição”. Para a apresentadora Antônia Fontenelle, Valéria falou sobre a dificuldade de uma outra Globeleza substituí-la.

 “Eu acho eu acho que não tem muita explicação. Você substituir uma pessoa é muito complicado. Ninguém te substitui… a sua maneira, a sua essência. Então quando eles decidiram colocar outra menina no meu lugar, a menina tem que estar bonita, corpo bonito, tem que ter carisma e tem que ter samba no pé”, disse a mulher de Hans Donner.

Afastada dos trabalhos carnavalesco há vários anos, Valéria revelou que no início o seu verdadeiro sonho de ficar famosa era outro, não o de se tornar uma Globeleza. “O trabalho de Globeleza foi a realização de um sonho porque eu queria mesmo era ser chacrete do Chacrinha”, contou.