Criança de 10 anos está sem medicação fornecida pelo Estado

O paciente Mateus Marin Pereira Gomes Castelazi, de dez anos, está sem as medicações anticonvulsivas que necessita, todas de alto custo. O fornecimento é de responsabilidade do Estado, que não vem cumprindo o direito do paciente. O caso chegou ao conhecimento do MPF (Ministério Público Federal) junto com o de outras crianças na mesma situação. Página 8